I Encontro Nacional de Fabricantes e Revendedores de
Kits para Vidraçarias e Serralherias

Informações


Definição do termo "KIT"
Kit é uma palavra inglesa que significa conjunto de objetos ou materiais agregados para uma finalidade específica, como um kit de material escolar, um kit de manicure, um kit de costura, etc. Também pode ser um conjunto de elementos vendidos com um esquema de montar e que o próprio comprador pode armar, como um kit de aeromodelo (Site: significados.com).

Iniciativa:

Tema: Por uma competição sadia para o mercado e para os usuários


Data: 27 de outubro de 2017

Hora: 08H30 as 17H30

Local: O encontro ocorrerá inteiramente dentro das dependências do Hotel Comfort, um hotel de alto padrão localizado no bairro da Vila Mariana, em São Paulo.

Evento destinado a Fabricantes e Revendedores de:


- Kit Cortina de Vidro
- Kit Engenharia
- Kit Fachada
- Kit Guarda-corpo/prolongadores para guarda-corpos
- Kit instalação
- Kit Pia
- Kit Sacada e equivalentes
- Kit Vitrine
- Kits Boxes – todos os tipos

Além de:


- Transformadores que revendem kits
- Professores de cursos destinados a formação de instaladores de kits

Programação


I Encontro Nacional de Fabricantes e Revendedores de Kits para Vidraçarias e Serralherias

Iniciativa:

08h30. Café


09h15. Abertura


09h20. Michele Gleice da Silva
Diretora técnica do ITEC – Instituto Tecnológico da Construção Civil


- Quando meu kit é considerado conforme e para que tipo de instalação
- Riscos de revender kits que não foram submetidos a ensaios técnicos
- Devo ensaiar todos os kits? Afinal, como é que funciona?

10h00. Tatiana Domingues
Consultora especializada em vidros da Paulo Duarte Consultores


- Determinação de espessuras de vidros para cada aplicação com kits (NBR 7199 - revisada)
- Espessuras para instalação de vidros temperados

10h40. Dr. Carlos Del Mar
Advogado ligado ao Sindicato da Habitação (Secovi-SP)


- Norma de desempenho (NBR 15.575) na utilização de fachadas e vidros

11h20. Julio Macedo - Gerente de Peliculas LLumar Comercial – Eastman
Rodrigo Andrade - Gerente de Peliculas LLumar Tecnico Especialista – Eastman


- Como e quando a aplicação de películas é viável e/ou vantajosa
- Como deve ser feita a aplicação de películas nos casos de kits box, sacadas e guarda-corpos

12h00 às 13h30. ALMOÇO


13h40. Wellington Guedes
Responsável pela qualidade da Boltinox


- Corrosão Galvânica e oxidação. O que são e como podem prejudicar os desempenhos dos kits
- Custo benefício na utilização de parafusos inox em kits

14h00. Arq. Fabíola Rago
Diretora do Instituto Beltrame e coordenadora da revisão da norma de guarda-corpos


- Inovações da nova norma de guarda-corpos
- Por que certificar meu kit, e como fazê-lo?

14h40. Fabrice Barriac
Consultor especializado em vedações


- Utilização do produto adequado a cada aplicação

15h20. Coffee Break


16h00. Rejane Saute Berezovsky
Diretora do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia - Ibape


- Responsabilidade civil e criminal no caso de vítimas.
- A importância do manual do fabricante com recomendações de manutenção periódica.
- A importância de informar os limites do meu kit para isenção de responsabilidades.
- O que é uma ART ou RRT, quando é obrigatória e em que implica sua utilização?

16h40. Alberto Henrique Cordeiro
Vice-Presidente de Programas de Qualidade da Afeal


- Organização setorial.
- Ações de combate à não conformidade desenvolvidas pela Afeal.

17h00. Elmo Pires
Editor da Revista Tecnologia & Vidro


- Encerramento.

Perguntas


I Encontro Nacional de Fabricantes e Revendedores de Kits para Vidraçarias e Serralherias

Iniciativa:

Perguntas que pretendemos responder aos fabricantes e revendedores de kits presentes e demais participantes
Temas sujeitos a alterações pelos palestrantes sem prévio aviso


- A questão de se instalar fechamento de sacadas sobre guarda-corpos. É verdade que no caso de instalação desse tipo o instalador da sacada se torna responsável por todo o conjunto (guarda-corpo + fechamento)?
- A norma 7199 atualizada prevê fixação dos vidros em dois e quatro lados? A anterior não previa isso?
- A questão da proibição de guarda-corpo com escadinhas.
- Algumas fabricantes estampam o selo ABNT em seus sites ou produtos com a alegação de que seus produtos atendem a todas as normas. Algumas nunca fizeram um ensaio sequer. O que dizer dessas situações? Trata-se de propaganda enganosa ou desconhecimento?
- Altura padrão de 1:10 m para todos os guarda-corpos.
- Como definir espessuras de vidros para cada aplicação com kits (NBR 7199 - revisada)
- Como deve ser feita a aplicação de películas nos casos de kits box, sacadas e guarda-corpos
- Como e quando a aplicação de películas é viável e/ou vantajosa?
- Como me isentar de responsabilidades por mau uso de meu kit?
- Como são calculadas as espessuras dos vidros para sacadas em andares elevados? (NBR.7199)
- Como são realizados os ensaios?
- Corrosão Galvânica e oxidação. O que é e como se aplica no caso dos kits?
- Devo ensaiar todos os kits? Afinal, como é que funciona?
- É possível a alguém “mascarar” os ensaios e vender produto inferior no mercado?
- É possível solicitar um laudo ao Ibape de forma preventiva?
- É verdade que o poliuretano não pode ser aplicado em áreas externas? E que selantes que contenham esse produto em sua formulação devem ser evitados para tal finalidade?
- É verdade que portas de abrir em vidro temperado precisam ter a espessura mínima de 8 mm segundo as normas?
- Existe diferenciação da conformidade de acordo com a região em que o kit será instalado?
- Existem categorias de conformidade de acordo com o tipo de instalação?
- Existem ensaios para se testar a capacidade máxima de meu kit?
- Existem situações em andares elevados em que não é possível a utilização de fechamento de sacadas pelos kits convencionais com vidros temperados de 8 mm?
- Inovações da nova norma de guarda-corpos
- Necessidade de isolamento térmico e acústico. Risco de processos judiciais devido a essas situações.
- Necessidade de se fornecer certificado de garantia e manual com indicação de manutenções periódicas para as esquadrias (devido à NBR 15.575)
- Necessidade de vedação completa por 20 anos pela NBR 15.575)
- Norma de desempenho (NBR 15.575) na questão das fachadas e vidros
- O ensaio de cargas de vento será obrigatório para todos os guarda-corpos em áreas externas, ou somente em áreas públicas. E o que são áreas públicas?
- O parafuso de aço inox é o produto mais adequado para se combater a corrosão galvânica?
- O que é uma ART ou RRT, quando é obrigatória e em que implica sua utilização?
- Os ensaios são realizados na proporção de um ensaio por obra?
- Para montagem de guarda-corpos em altura é necessária a presença de um responsável técnico, com emissão de ART ou RRT?
- Película de proteção solar pode ser aplicada sem ser fixada ao caixilho? E se a peça com essa película quebrar e cair? Não representará maior risco aos transeuntes abaixo?
- Pelo fato de serem vidros temperados os vidros utilizados em sacadas, ou seja, vidros de segurança e estrutural, não seria necessário incluir essa situação na NBR 7199?
- Por que certificar meu kit, e como fazê-lo?
- Por que não existe a menção de vidro estrutural na norma NBR 7199?
- Quais as espessuras mínimas para instalação de vidros temperados por aparafusamento ou aperto por ferragens?
- Qual a importância de informar os limites do meu kit para isenção de responsabilidades?
- Qual a importância de saber exatamente qual a capacidade máxima de meu kit (seja fachada, guarda-corpo, fechamento de sacadas ou boxes)?
- Qual a importância do manual do fabricante com recomendações de manutenção periódica?
- Qual é o custo-benefício na utilização de parafusos inox em kits
- Qual minha responsabilidade civil e criminal no caso de vítimas de acidentes envolvendo meu kit?
- Qual o procedimento no caso de acidente? Como um laudo é emitido?
- Quando meu kit é considerado conforme?
- Quando posso aplicar o silicone?
- Riscos de revender kits que não foram submetidos a ensaios técnicos. Qual a responsabilidade do fabricante?
- Se tiver dez produtos/modelos diferentes devo realizar ensaios com os dez?
- Silicone acético ou neutro? Qual é o melhor e em qual situação?
- Ter uma ART ou RRT em mãos isenta completamente minha empresa de responsabilidades?
- Utilização do selante adequado a cada aplicação: boxes, fechamento de fachadas, guarda-corpos.

Inscreva-se


Inscrição: R$ 280,00
50% no ato e 50% no dia 25

Telefone:


(12) 3621-1843
(12) 3413-4723

Local


Hotel Comfort
R Vergueiro, 2740
Vila Mariana - São Paulo

7