Shopping Iguatemi de Fortaleza aposta em fachada de vidro

 

Com design concept de Pablo Laguarda, vidro laminado compõe a parte externa do empreendimento.

Com espaços modernos, poderosos e elegantes, o Shopping Iguatemi de Fortaleza, em sua sexta expansão, transforma-se em referencial urbano para a capital do Ceará – a começar pela fachada, que ganhou uma nova composição de revestimento em vidro e alumínio composto perfurado, em que foi utilizado Vidro Neutral 14 Green Silver, fator solar 25, 12 mm (6+6).

A utilização de vidro na parte externa do shopping foi uma opção estética dos arquitetos locais, Nelson Serra e Paulo Arraes e, contou ainda, com o design concept de Pablo Laguarda.

Com ampliação de 50% da área de lojas, esta é a nova expansão do Shopping Center Iguatemi Fortaleza, no Ceará. Totalizando cerca de 92 mil metros quadrados, o empreendimento passa a contar com estacionamento para 5.200 vagas, mais de 460 lojas, além de uma praça interna com fontes, jardins e área para descanso. A nova reformulação do Shopping Iguatemi foi inaugurada no dia 2 de maio de 2015.

O grande diferencial da reforma fica por conta da estrutura arquitetônica em que foi projetado o empreendimento. Inaugurado em 1982 e sempre visando manter-se líder de mercado, o Shopping Center Iguatemi Fortaleza realizou – ao longo de seus 32 anos – algumas expansões até chegar a sua atual reformulação.

Gerardo Jereissati, vice-presidente de novos negócios da Jereissati Centro Comerciais (JCC), empresa que administra o Shopping Center Iguatemi Fortaleza, explica que o shopping ficou com um novo esquema de circulação e ganhou uma nova projeção. “Após essas expansões o shopping ficou com um esquema de circulação em formato de L. Optamos, ainda, por fechar todo o anel de circulação do complexo de maneira em que o visitante possa passear em todo o percurso dos malls e retornar ao ponto inicial sem precisar passar pelo mesmo local”, fala.

Outra novidade desta expansão fica para a grande praça interna, que foi construída em meio a esse anel de circulação. A estrutura apresenta cerca de 4.500 metros quadrados e conta com cobertura de madeira maciça laminada colada (MLC). “Esse grande pergolado é o ponto focal de toda a concepção arquitetônica e nele foram instaladas fontes, jardins, áreas de descanso e lojas de última geração”, explica Jereissati. As MLCs são peças de madeiras constituídas a partir da técnica de colagem coligadas às técnicas de laminação e apresentam tamanhos reduzidos, isso quando comparadas ao tamanho da peça final constituída.

Gerardo explica, ainda, que a ideia de criar um ambiente coberto com madeira não veio à toa; mas, sim, da necessidade de oferecer um espaço semipúblico e que sirva de referencial urbano, fazendo do ambiente um verdadeiro cartão-postal. “É impressionante a quantidade de pessoas que visitam a área diariamente para fotos, selfies e postagens”, conclui.

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Precisa de ajuda?