Batentes de silicone apresentam variações

Da qualidade do material depende seu desempenho final

5Talvez não exista no setor vidreiro componente mais simples que os batentes de silicone, chamados por alguns de gotas de silicone autoadesivas. Trata-se de uma pequena porção de borracha de silicone (com variação de componentes, dependendo do modelo) sobre o qual são repousados os tampos de mesa para que o vidro não risque ou deslize. São aplicados também em móveis, para atenuar a batida de gavetas e portas.

Por ser simples e uma peça relativamente pequena, muitos não dão devida atenção a ela, desprezando sua qualidade e procedência. O que encontramos na utilização do vidro são batentes esmagados sobre pesados tampos de vidro. Muitas vezes isso não acontece no momento da instalação, mas algumas semanas depois, assim que algum material pesado é apoiado sobre o tampo.

Segundo Vicente Garcia, representante de vendas da empresa inglesa Bumperstop, avaliar a procedência do produto é uma das providências para se evitar a má qualidade desse item. Garcia defende que sua empresa e a 3M são líderes de mercado e oferecem produtos de alta qualidade e resistência adequada.

Segundo ele, existem no mercado basicamente quatro categorias de batentes: o cilíndrico, o hemisférico, o quadrado e o super-macio. Os hemisféricos e os super macios têm a função de diminuir impactos e ruídos (portas, gavetas, etc.). Equivocadamente vêm sendo usados pelo mercado de tampo e móveis de vidro. Para essa função existem os batentes cilíndricos e quadrados, que têm a função principal de suportar peso e arrasto.

É importante utilizar a quantidade de batentes adequados ao peso máximo que o móvel irá suportar. No caso dos cilíndricos, por exemplo, suportam entre 10 e 26 kg por unidade.

Uma novidade nessa área são os batentes em cartelas, fornecidos em rolos com espessuras de 0.5mm, 0.8mm, 1.0mm e 1.6mm em quatro cores. Nesse caso, o cliente manda cortar o desenho da peça de acordo com a sua necessidade.

Alguns cuidados para se aumentar a durabilidade desse acessório é evitar grandes impactos e a utilização de produtos químicos muito fortes. Já o revendedor precisa respeitar as condições de armazenamento, temperatura e prazo de validade do produto. Para mais informações acesse www.bumperstop.com.br.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Precisa de ajuda?